blog

Quais as modalidades do skate?

Se você é doido por skate, deve saber que várias modalidades podem abrigar o seu rolê.

Quem é skatista sabe que não há lugar que impeça um bom rolê, certo? Seja na rua, num parque ou na pista, as manobras estão garantidas em qualquer lugar. Mas para competir e levar o skate a outro nível, é preciso conhecer as modalidades.

Saber o que difere uma categoria da outra é a melhor forma de treinar para o seu objetivo. Por isso, se liga nas nossas dicas se quiser profissionalizar o seu rolê.

As modalidades do skate

Street

O street é a arte de encontrar na arquitetura urbana inúmeros obstáculos para realizar manobras: escadas, corrimãos, bancos, guias e todos os outros objetos que podem ser utilizados como ponto de partida para manobras.

Essa modalidade é a mais praticada no mundo, justamente pela facilidade de se encontrar lugares para andar e praticar.

Além disso, os campeonatos da modalidade street simulam obstáculos encontrados no meio urbano, mas em uma pista de skate adaptada.

Parks

Parks ou (skateparks) está entre as primeiras adaptações da modalidade street. Nesse caso, diferentemente de contar com o ambiente urbano, o skatista pode fazer todas as suas manobras em obstáculos projetados especialmente para a prática da modalidade.

Bowl

Você provavelmente já deve ter visto nos filmes americanos inúmeros skatistas fazendo manobras em piscinas vazias, não é mesmo? Isso não é algo incomum, visto que a modalidade Bowl foi criada justamente em um período de seca na Califórnia, em 1970, no qual as casas tiveram suas piscinas esvaziadas, criando mais diversão para os praticantes do skate.

A modalidade consiste em pistas com o formato de piscina, com cerca de 3 metros de profundidade, que finaliza em paredes que fazem 90º com o chão. É o tipo de pista mais visto em parques ao ar livre, pois permite manobras em alta velocidade.

Half Pipe

Chamada de “Half Pipe” ou “Vertical”, as pistas dessa modalidade são aquelas em formato de “U” que possuem cerca de 4 metros de altura. Suas dimensões são projetos para dar condições aos skatistas arrebentaram am manobras aéreas iradas.

Se você for um skatista iniciante, vale a pena começar pelas mini ramps, que funcionam como miniatura das Half Pipes.

Freestyle

A explicação sobre a modalidade Freestyle é simples, já que ela não utiliza nenhum tipo de obstáculo e pode ser reconhecida facilmente. Embora ela fuja dos padrões atuais do esporte, ainda é muito comentada.

Ela nada mais é do que a prática de manobras sem nenhum tipo de obstáculo, apenas em contato direto em solo plano.

Downhill

Essa modalidade consiste em descer ladeiras e mandar manobras conhecidas, como slides, por exemplo. Na própria categoria existem diferentes jeitos de andar em cima do skate, visto que não se trata de uma prática única e exclusiva.

Há profissionais que preferem descer a ladeira em alta velocidade, sem frear, geralmente usando skates, acessórios de proteção diferenciados e até longboards.

Inclusive, entre as modalidades listadas acima, as categorias Street e Park irão participar da próxima edição das Olimpíadas (2020), em Tóquio. Para saber mais sobre a participação e inclusão do skate como modalidade olímpica, clique aqui.